Lancheiras e lanches saudáveis para o intervalo de crianças, adolescentes e até universitários

Confira dicas para planejar e elaborar lancheiras e lanches saudáveis para os pequenos, adolescentes e universitários

Nenhum comentário

É como dizem: tudo o que é bom tende a passar rápido. As férias escolares são o exemplo maior de que essa frase tem um fundo de razão. Contudo, como a educação é fundamental, vamos parar de lamentar e focar no lado positivo que, aliás, é muito melhor: novas aulas, novos temas, novos conhecimentos.

Para tudo novo, que tal pensar em formas agradáveis de preparar a lancheira de seu filho ou até mesmo o seu lanche para levar para a faculdade? Você, estudante universitário, não precisa levar uma lancheira de personagem animado para a faculdade (se não quiser, claro), mas, se você está preocupada ou preocupado em ter uma alimentação saudável, basta seguir as dicas para os pequenos que a hora do intervalo entre as aulas vai ficar show!

Para tratar sobre este assunto, fizemos uma curadoria de alguns artigos, notícias e vídeos do Youtube sobre o tema. Todas as fontes estão elencadas nos links e vale a pena conferir os textos e vídeos originais, pois eles trazem mais dicas e receitas muito interessantes!

Lancheira e saúde

Como vivemos em uma era de produtos industrializados e ultra processados, nada melhor que pensar em alternativas saudáveis para a hora do lanche. Segundo o Ministério da Saúde, em 2015 o “cenário epidemiológico nacional passou de desnutrição para obesidade”. Em parte por culpa dos hábitos alimentares, a obesidade é um tema preocupante. Como reforça o Ministério da Saúde, a obesidade “traz consigo algumas preocupações como o desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis (ex. diabetes e hipertensão), e na infância, seu complexo manejo, pois envolve as mudanças de hábitos alimentares e colaboração da família, do ambiente escolar e o pouco entendimento da criança sobre as consequências do excesso de peso em longo prazo.”

Como a escola é uma parte fundamental e influente na formação dos pequenos, é preciso também pensar no alimento que eles levam na lancheira. Aqui, mais uma vez, pensamos também nos universitários: as cantinas são opções práticas, porém tentadoras, em qualquer fase da educação. Comprar uma esfirra de carne e um refrigerante é muito fácil e sacia a fome daquele momento. No longo prazo, porém, esta não é a opção mais saudável, concorda?

Compondo a lancheira

A tarefa de fazer uma lancheira saudável, num primeiro momento, não parece tão simples. É necessário um planejamento semanal dos alimentos que serão levados para a escola. Essa etapa, contudo, exige um pouco mais de atenção nas primeiras semanas, afinal, é preciso descobrir quais são os alimentos que suprem as necessidades energética e nutricional da criança. Depois de elaborado o cardápio as coisas vão ficar mais simples, pois bastará fazer substituições e adaptações.

Para pensar no cardápio, é bom ter saber que um lanche precisa ser a combinação de três grupos alimentares: “construtores (proteínas como queijos, iogurtes, leite e carnes, caso do atum e o frango, por exemplo), reguladores (frutas, legumes e verduras) e energéticos (carboidratos, como pães, biscoitos e bolos)”, como explica a nutricionista Elaine de Pádua, da DNA Nutri (SP), em uma entrevista para a revista Crescer (Editora Globo).

Dica Hortie

As frutas, por exemplo, devem estar sempre presentes, pois são excelentes fontes de vitaminrtieas e minerais. Agora em agosto, por exemplo, há algumas frutas que estão no ponto alto da safra: Morangos, Maçã Fuji, Pera, Kiwi e a Tangerina Poncan. Além delas, as cenouras também estão em uma boa época e podem ser cortadas em palitos para serem levadas como lanche.

Como já falamos sobre a importância do planejamento, agora vamos dar uma dica: na Hortie você pode “repetir” seu último pedido. Assim, se você programar a lancheira do seu filho com essas frutas e o cardápio fizer sucesso, basta repetir o pedido na semana seguinte e essa preocupação vai deixar de ser um problema! Fácil, né?

Dicas de mãe e filha

No YouTube, um dos canais mais bacanas para verificar dicas de lancheira saudável é o Canal da Bela, da apresentadora, chef de cozinha e escritora Bela Gil. Além de vídeos com receitas e temas relacionados à maternidade, Bela fez uma série chamada Lancheira da Flor, com a participação de sua filha, Flor.

No vídeo de apresentação dessa série, Bela já explica a sua maior motivação:

A merenda faz parte de um hábito alimentar, um lanche que sua filha leva cinco vezes na semana para a escola. Vale investir em uma merenda e uma alimentação saudável colocando ingredientes naturais e frescos, uma comida de verdade dentro da lancheira da criança.
Do vídeo “Lancheira da Flor | Bela Gil” 

A playlist Lancheira da Flor, apresenta opções de cardápio para lancheiras saudáveis para as crianças. A apresentadora reforça que os produtos precisam agradar os pequenos, afinal, de nada adianta enviar produtos que nada atraem e que não serão consumidos. Quando olhamos os cardápios da playlist, contudo, vemos que algumas opções são “pouco convencionais” se compararmos com as lancheiras repletas de produtos industrializados e opções mais fáceis no mercado.

A Flor, filha da Bela Gil, leva para escola, por exemplo, bolacha de arroz, ricota de tofu, ovo cozido, húmus, entre outras opções. O entusiasmo que a filha mostra ao fazer a lancheira, no entanto, reforça que os hábitos alimentares das crianças não é algo tão misterioso assim e parece depender, em grande medida, das orientações que os pais passam e, claro, do incentivo que eles dão para seus filhos consumirem os produtos naturais, frescos e de qualidade.

Além das opções que apostam em uma alimentação realmente saudável e que satisfaz o gosto da filha da Bela Gil, o cardápio conta também com outros produtos como coco, banana passa, melancia, tangerina, kiwi e caqui. Confira os vídeos da Bela Gil aqui para se inspirar nas lancheiras dos seus filhos ou na sua mesmo!

Fontes:

Ministério da Saúde faz sugestões de cardápio para lancheira saudável, da Coordenação geral de Alimentção e Nutrição do Ministério da Saúde
Como montar uma lancheira saudável (e possível!), da Revista Crescer (Editora Globo)
Canal da Bela, da chef Bela Gill (Youtube) 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s